PotenciacaoEstudar3
Home.
Quem somos.O que fazemos.Na prática....Que há de novo?.Escritos.Clientes.Contactos & Links.
Back.
Next.
Previous.
Formação
Potenciação do Pensar
(pag. 5#5)
Potenciar o estudar
Voltar ao topo
top

7ª sessão - Objectivo: Potenciar  técnicas de trabalho mental

 

1    Filme pézinhos

Visualização de um trabalho de grupo, na linha de motivação.

2    Problema “kim”

Treino de memória por trabalho de grupo total: apoio mutuo e estratégias comuns.

 

3    Problema saída barcos

Treino de raciocínio por trabalho de grupo total: apoio mutuo e análises debatidas.

 

4   Problemas conjunto escola

Treino de raciocínio por trabalho de grupo total: apoio mutuo e análises debatidas.

 

5    Velha senhora (com filmagens)

Treino de memória e comunicação, com um resultado a obter.

 

 

AVALIAÇÃO

 

Esta sétima sessão teve como propósito continuar a trabalhar a capacidade de resolução de problemas desafiantes.  Assim, notou-se a motivação de todos na procura das soluções, ainda que continuem a surgir franjas comportamentais de desistência, insegurança individual e excesso de criticismo. O jogo da passagem da informação mostrou a dificuldade que têm em se expor individualmente, e a fraca capacidade de concentração auditiva e retenção de mensagens.

8ª sessão - Objectivo: Potenciaras relações grupais num trabalho de “problema

  solving” em grupo

 

1    Puzzle com 250 peças

            Tarefa a ser feita  por todo o grupo numa hora

 

2    Sudoko em computador

            Tarefa a ser feita  por todo o grupo numa hora

 

3    Velha Senhora

         Com técnicas de memorização e comunicação.

 

 

AVALIAÇÃO

 

Esta oitava sessão teve como propósito continuar a trabalhar a colaboração do grupo na resolução de problemas desafiantes.  Assim, notou-se a motivação de todos na construção do puzzle, ainda que continuem a surgir franjas comportamentais de desistência, insegurança individual e excesso de criticismo. Continuou a treinar-se o jogo da passagem da informação, para aumento da capacidade de concentração auditiva e retenção de mensagens.

 

 

 

 

 

 

9ª sessão - foco: relações grupais: comunicação e criatividade

 

 

1    Senhoras, com metaplan de conclusões no fim e com filmagens

Com técnicas de memorização e comunicação.

 

2    Copo+berlinde

Com técnicas de comunicação e acções de entreajuda.

 

3    Treino de criatividade

(Individual com análise e debate colectivo).

 

 

Avaliação

 

Esta nona sessão teve como propósito continuar a trabalhar a colaboração do grupo na resolução de problemas desafiantes.  Assim, notou-se o interesse e a motivação de todos na resolução dos problemas, não querendo conhecer as soluções e insistindo na sua capacidade de descoberta. Este é um factor verdadeiramente positivo. Ainda continuam a surgir franjas comportamentais de desistência, insegurança individual e excesso de criticismo. Continuou a treinar-se o jogo da colaboração física entre parceiros, um dos pontos fracos do grupo.

 

 

 

AVALIAÇÃO GLOBAL

 

Após 9 sessões de trabalho, foi possível concluir que o grupo evoluiu no que respeitante ao assumir das suas responsabilidades no autocontrolo da disciplina, sendo possível, sem nenhum enquadramento,  realizarem em conjunto tarefas de interdependência com alguma complexidade. Nessas situações resolviam dentro do grupo eventuais bloqueios e tensões surgidas, sem dar origem a conflitos.

 

No respeitante à actividade de aprendizagem, o pensar, debater e concluir colectivamente desenvolveu-se significativamente, acolhendo com interesse e motivação a realização em conjunto de desafios de criatividade.

 

No plano individual, houve nítidas melhorias no desempenho em alguns dos participantes, noutros essa melhoria foi menos vincada mas óbvia. Estes dois conjuntos envolveu cerca de 60% do grupo.

Nos restantes, os efeitos foram pouco significativos, oscilando entre manifestações positivas pontuais, intervaladas com neutralidade passiva, mas sem reacções negativas.

 

Como pontos mais fracos, pode salientar-se a dificuldade de pensar em abstracto e alguma dificuldade em certos pares colaborarem parceiro/parceiro, devido a tensões instaladas ainda não resolvidas, e, nalguns casos, à presença de membros verdadeiramente problemáticos.

Voltar ao topo
top